Saber como fazer um calendário de publicações eficiente é o segredo para atrair mais público, aumentar o tráfego do seu blog corporativo e, consequentemente, vender mais. Para isso, é necessário contar com categorias de conteúdos bem definidas e um bom planejamento sobre os temas que devem ser abordados em cada uma delas.

A HubSpot publicou uma pesquisa do Instituto Zazzle de Media que mostra que 79% dos profissionais da área acreditam na eficiência das marketing de conteúdo, no entanto, somente 6% deles sabe o que fazer para implementá-lo com sucesso. Tanto que é muito comum vermos blogs sendo “abandonados” por seus donos por causa das dificuldades que encontram para manter a frequência de publicações.

Nesse sentido, o calendário editorial garante que se consiga produzir conteúdos relevantes com o tempo e processo necessário para que sejam bem elaborados, sem a necessidade de correr para criar um texto genérico de última hora para que o blog não fique sem publicação ― o que é mais comum do que se imagina quando não existe um bom planejamento.

Então, se você quer melhorar a eficiência do fluxo de produção e publicação de conteúdo no blog da sua empresa, precisa continuar lendo este guia completo sobre o assunto. Boa leitura!

1. O que é um calendário de publicações?

O calendário editorial é uma ferramenta que permite planejar e gerir o cronograma de produção e publicações de conteúdo em um blog, assim como programar a divulgação de cada uma delas em diversos canais como as redes sociais e o e-mail marketing.

Sem um calendário de publicações para orientar a equipe responsável pela gestão do blog se torna comum haver falhas nos dias de publicação, ou mesmo a produção de conteúdos de baixa relevância e/ou repetidos por causa da falta de tempo hábil para que sejam elaborados.

2. Quais os benefícios dele para o seu negócio?

Só a explicação do que é calendário de publicações já foi capaz de mostrar uma série de vantagens de se trabalhar com ele, não é mesmo? Mas, ainda assim, veremos nos tópicos seguintes mais detalhes sobre cada uma delas. Confira!

Evita repetição de temas e palavras-chave

Uma boa estratégia de conteúdo precisa contar com palavras-chave que sejam relevantes para o que busca o público que você deseja atingir, mas de nada adianta usar as mesmas palavras-chave sempre.

A medida que o público interage com as publicações se torna possível encontrar novos termos que podem chamar a atenção e colocar o seu blog em evidência nos mecanismos de busca. Além disso, tão importante quanto a não repetição é ter uma sequência lógica que encadeie os assuntos publicados dando continuidade a educação da sua persona.

Mantém a frequência de publicações

Fazer publicações frequentes, preferencialmente sempre nos mesmos horário e dias da semana é um dos segredos para expandir a presença digital da sua marca. Além disso, quanto mais conteúdos forem publicados, maior será o impacto deles no tráfego orgânico do seu blog. Mas para que seja possível produzir bons conteúdos em grande quantidade é necessário muito planejamento.

Aproveita as sazonalidades

É bem comum acontecer de não haver em um blog, nenhum conteúdo sobre uma determinada data importante para as vendas, como a Black Friday, por exemplo, por que só se pensou em fazê-lo na última hora.

Com um calendário de publicações, todas essas datas estarão previstas e os conteúdos a respeito delas poderão começar a ser produzidos com a antecedência necessária para que cheguem ao público no momento certo, exatamente, quando ele está buscando informações sobre o assunto, o colocando em alta nas tendências de pesquisas.

Ajuda a diversificar os formatos

Existem vários formatos possíveis de conteúdo e, a cada um deles, cabe uma função dentro do seu blog que pode ir além das estratégias de SEO (Search Engine Optimization).

Por exemplo, um e-book pode não ajudar no ranqueamento por palavra-chave, garantindo um bom posicionamento na SERP (Search Engine Results Page), mas em compensação, ele serve como “isca” para aquisição novos de leads que preenchem formulários com os seus dados em troca desse tipo de conteúdo.

Então, cada material deverá ser pensado a partir do objetivo que ele deve cumprir. Alguns exemplos são:

  • blog posts: ajudam no posicionamento do blog em mecanismos de buscas;
  • vídeos: ajudam no posicionamento e no aumentam o tempo de permanência do visitante no blog;
  • e-books: servem como “moeda de troca” pelos dados do visitante;
  • relatórios de pesquisa: ajuda o blog a receber backlinks espontâneos;
  • webnars: aumentam o envolvimento do visitante com o blog;
  • cases de sucesso: ajudam o lead a se decidir pelo fechamento do negócio com a empresa;
  • infográficos: aumentam o engajamento, já que são frequentemente compartilhados.

Assegura a sincronia com as demais ações de marketing

O marketing de conteúdo é um dos principais tentáculos dentro de uma estratégia de marketing que envolve diversas outras ações, mas, para que seus resultados sejam potencializados, é necessário que as publicações estejam alinhadas com os objetivos de marketing da empresa e com demais ações que estão sendo realizadas.

Por exemplo, se a empresa está realizando um evento sobre determinado assunto, nada mais natural que o blog faça publicações sobre o mesmo tema, até mesmo, para servir como material de apoio. Ou ainda, se há alguma promoção de um produto em andamento, alguns posts falando sobre temas relacionados a ele são fundamentais.

3. Qual a importância de conhecer o seu público?

Embora a resposta para essa pergunta seja bem óbvia, não podemos deixar de mencionar que se os seus conteúdos são produzidos para uma determinada persona, é fundamental que saiba o que ela está procurando e precisa ou deseja ler. Por isso, nos próximos tópicos, abordaremos mais detalhadamente os benefícios de se aprofundar no conhecimento do público.

Permite entender suas dores e dúvidas

O seu produto ou serviço precisa ser capaz de resolver um problema do cliente, aliviar uma dor dele, e, paralelamente a isso, o seu conteúdo deve sanar todas as dúvidas que ele tenha a respeito da solução para esse problema e direcionar o lead para o fechamento do negócio. Essa é a base de uma estratégia de marketing de conteúdo.

Porém, saber quais são os problemas, dores e dúvidas do seu público só é possível a partir de um estudo mais aprofundado sobre ele, o que inclui a criação de uma persona capaz de ilustrar, fielmente, o seu comportamento de consumo.

Possibilita a produção de conteúdos alinhados as suas necessidades

A partir do momento que você conhece as dores, problemas, desejos e dúvidas do seu cliente ideal, se torna possível criar conteúdos que antedam às expectativas dele. Desse modo, você será capaz de entregar ao lead exatamente aquilo que ele está buscando e aumentar consideravelmente as suas chances de realização de um negócio com ele, além da sua autoridade no assunto.

Melhora o posicionamento nos mecanismos de busca

Se o usuário de um mecanismo de busca pesquisa por um termo relacionado ao tema de algum dos seus conteúdos e, dentre todos os resultados exibidos, ele escolhe justamente o seu, isso fará com que o seu posicionamento suba, já que demonstrou ter relevância para o público.

Traz mais autoridade para a marca em seu segmento

Como mencionado no tópico sobre o alinhamento dos conteúdos às necessidades e expectativas da persona, a cada vez que o seu conteúdo entrega o que ele estava buscando, a sua marca passa a ter mais credibilidade para ele, aumentando a sua autoridade.

A consequência imediata disso é que o seu cliente ideal chegará ao nível de buscar respostas diretamente no seu blog, antes mesmo de recorrer aos mecanismos de pesquisa e, quando ele pensar em fechar negócio com alguma empresa, a primeira que virá a mente dele será a sua, que ensinou a ele exatamente como resolver o problema que tinha.

4. Como fazer um planejamento para publicações?

Agora você já entendeu o que é e qual a importância de um calendário de publicações, então, está na hora de saber como criar um. Vamos partir para ação?

Tenha um objetivo

Como em qualquer tipo de planejamento, o primeiro passo é ter um objetivo para as ações realizadas. Porém, é bem comum que se caia na armadilha defini-lo simplesmente como “vender mais” ou “gerar mais receitas”.

É importante entender que cada ação dentro de uma estratégia de marketing tem o seu objetivo específico que levará ao aumento das vendas e à maior receita. Do mesmo modo, cada conteúdo dentro de um calendário de publicações precisa ter uma finalidade, mesmo que seja a de levar o lead a um próximo estágio do funil de vendas.

Dentre os objetivos mais comuns no marketing de conteúdo estão:

  • melhor o posicionado nos resultados das buscas por meio de estratégias de SEO;
  • aumentar o tráfego do blog;
  • tornar a marca autoridade em seu segmento;
  • gerar mais leads;
  • qualificar os leads gerados para venda.

Note que cada um dos objetivos listados é uma consequência natural do anterior e perceba como trabalhar cada um deles dentro do seu calendário de publicações, de forma ordenada, conduzirá ao objetivo final que é a venda e a geração de mais receita.

Analise a concorrência

A análise da concorrência também é outra ação importante na hora de planejar o seu calendário editorial. Aqui, é essencial conhecer os seus concorrentes de palavra-chave e buscar detalhes que tornem o seu conteúdo melhor e mais abrangente que o deles.

Por exemplo, se o conteúdo do concorrente para determinada palavra-chave é um post com aproximadamente 1000 palavras, planeje a produção de um conteúdo maior e mais completo que o dele.

Crie uma estratégia

Com os objetivos devidamente claros, as características e o comportamento do seu cliente ideal bem compreendidos e o “modus operandi” da concorrência bem conhecido, você já tem informações suficientes para traças a sua estratégia e seu plano de ação para colocá-la em prática.

Esse plano de ação tem um nome e se chama “calendário editorial e cronograma de produção de conteúdo”.

Data e horário das publicações

É importante que a frequência do seu conteúdo seja conhecida pelo público que você deseja atingir, desse modo, você conseguirá criar um hábito na sua persona, que esperará pelas suas publicações sempre no horário e dia da semana.

E tenha certeza de que se em algum momento houver falha e o seu visitante não encontrar o seu novo conteúdo no momento esperado, esse hábito será quebrado e precisará ser reconstruído, só que dessa vez será muito mais difícil.

Autor

É normal que dentro de uma empresa tenha várias equipes com profissionais especializados em diversos assuntos, normalmente, complementares. Na hora de produzir um novo conteúdo, contar com a ajuda desses profissionais é fundamental para que se consiga o aprofundamento necessário.

Por isso, para cada tema definido, descubra quem é o especialista nele dentro da empresa e o convide para colaborar como autor do conteúdo. E não esqueça de deixar isso registrado no seu calendário.

Evento associado

Se houver algum evento da empresa ou data específica que precisa ser explorada, é necessário que se crie conteúdos temáticos para acompanhar essa demanda.

Por isso, na hora de montar a sua estratégia ― que deverá prever, no mínimo, de 3 a 6 meses seguintes ―, veja quais são os eventos que ocorrerão no período e planeje a produção do conteúdo com a antecedência necessária para que seja publicado momento ideal, alinhado ao evento.

Palavra-chave

A definição das palavras-chave associadas a cada um dos temas que serão abordados na sua estratégia é um dos detalhes mais importantes a serem tratados. Não se pode escolhê-las de modo aleatório, é preciso entrar na cabeça da persona e prever o que ela digitaria na caixa de pesquisa para encontrar o que você está publicando.

Existem algumas ferramentas capazes de ajudar muito nessa tarefa, como a Ubersuggest desenvolvida pelo mestre do marketing digital, Neil Patel; o Google Trends que mostra quais palavras estão sendo mais buscadas, e o Keyword Planner que faz parte do Google Ads.

Título

A definição do título do seu conteúdo é o que determinará se a persona clicará para acessá-lo ou não, portanto, precisa ser muito bem elaborado. Ele não ter mais do que 70 caracteres para que se evite que seja cortado quando exibido nos resultados de pesquisa.

CTA

O CTA (Call-to-Action) é o convite para que o leitor realize a ação que você deseja para dar continuidade à jornada dele dentro da sua estratégia. Os mais comuns são:

  • linkagem para outro post do blog;
  • baixar e-book;
  • comentário no post;
  • convite para entrar em contado com a empresa;
  • oferta de demonstração de produto;
  • compartilhamento nas redes sociais;
  • seguir as redes sociais da empresa.

Resumo

Lembra que analisamos a concorrência e vimos pontos que precisam ser trabalhados para que o seu conteúdo seja melhor do que o dela? É aqui no resumo que esses detalhes deverão ser abordados para que o redator saiba o que precisa estar presente no texto. Perceba que a essa altura, você já tem o suficiente para a montagem da pauta do conteúdo.

Cronograma de produção

A produção de um conteúdo passa por diversas etapas, são elas:

  • ideia do tema;
  • elaboração de pauta;
  • redação;
  • revisão;
  • diagramação no caso de e-books e infográficos;
  • roteiro e edição no caso de vídeos.

É preciso que cada uma delas tenha um responsável por sua execução e uma data limite para entrega que preveja a antecedência suficiente para que possíveis imprevistos sejam superados.

Escolha uma ferramenta

Existem diversas ferramentas que podem ser utilizadas para a construção de um calendário de publicações. Algumas empresas especializadas no assunto até disponibilizam planilhas prontas para serem utilizadas no seu planejamento. As ferramentas mais comuns são:

  • Planilhas do Excel;
  • Google Docs;
  • Plugins do WordPress.

Determine os canais de distribuição do conteúdo

De nada adianta produzir belíssimos conteúdo e não divulgá-los ou dar um empurrãozinho inicial para impulsionar o ranqueamento. Para isso, você poderá utilizar os canais de distribuição que veremos a seguir.

Redes sociais

Postar nas redes sociais da empresa é um dos meios mais utilizados para a divulgação de novos conteúdos. Sua maior vantagem é a interatividade com o seu público, que permite coletar informações e opiniões sobre o que está sendo publicado.

E-mail marketing

Existem diversas ferramentas de automação de marketing que auxiliam no processo de divulgação por e-mail marketing. Com elas você poderá configurar fluxos de nutrição de leads que farão com que o conteúdo indicado chegue à pessoa certa, no momento mais adequado. O HubSpot e o RD Station são as mais utilizadas.

Mídias pagas

Além de publicar, também é possível anunciar nas redes sociais, inclusive impulsionando os seus posts. Do mesmo modo que se pode promover o seu conteúdo nas buscas por meio dos links patrocinados. Essas estratégias são utilizadas para dar tração à publicação até que ela esteja bem posicionada.

5. Quais as vantagens de um bom cronograma?

O calendário de publicações sozinho pode não funcionar do modo que você imagina. Por isso, é preciso que nele esteja embutido um cronograma de produção de cada um dos conteúdos planejados para garantir que tudo saia como esperado. As principais vantagens dessa prática são:

  • mantém a produção dos conteúdos em dia;
  • evita gargalos na produção;
  • permite a criação de um banco de publicações para substituir alguma que não tenha sido finalizada a tempo;
  • dá mais visibilidade ao andamento do processo para que possíveis problemas sejam corrigidos dentro do prazo estabelecido.

6. Como elaborar um calendário de forma prática?

A elaboração de um calendário publicações e seu respectivo cronograma de produção funciona, na prática, do seguinte modo:

  • planeje pelo menos de 4 a 6 semanas para frente;
  • defina o prazo de produção de cada etapa;
  • inclua as informações definidas no planejamento;
  • comunique os prazos aos respectivos autores de cada tema;
  • acompanhe o status de produção;
  • determine as datas de divulgação de cada publicação levando em considera a estratégia de 3X3X3, ou seja, 3 canais diferentes, em três datas diferentes, com três chamadas diferentes.

O ideal é que todas essas informações sejam visualizadas em uma mesma tela destacando a etapa em que cada uma delas se encontra.

7. Quais os aspectos que devem ser considerados no momento de elaborar um calendário?

Claro que imprevistos podem acontecer e atrapalhar tudo o que foi planejado, mas levando em conta alguns aspectos é possível reduzir o risco de que eles aconteçam. São eles:

  • tamanho da equipe de produção: não planeje mais do que a sua equipe pode produzir;
  • disponibilidade dos autores: é preciso alinhar a data de publicação do conteúdo com a agenda dos autores para evitar atrasos;
  • recursos operacionais disponíveis: se a sua equipe de marketing não tem acesso a bons editores de imagem e vídeo, por exemplo, é preciso considerar a terceirização da produção de e-books, vídeos e infográficos, ou mesmo, a compra das ferramentas;
  • datas importantes para as vendas: de acordo com o tipo de produto ou serviço que você comercializa, algumas datas são mais importantes para as vendas.

E já que mencionamos as datas especiais, vale a pena lembrar as principais delas, não é mesmo? Veja só:

  • Carnaval;
  • Páscoa;
  • Dia das mães;
  • Dia dos pais;
  • Dia dos namorados;
  • Dia das crianças;
  • Black Friday;
  • Natal;
  • eventos específicos do seu segmento como feiras, encontros e congressos.

Como você pôde ver ao longo desse conteúdo, o calendário de publicações e o cronograma de produção parecem ser ferramentas super-complexas, no entanto, o papel delas é justamente simplificar a produção de conteúdo publicação e garantir que o seu blog tenha uma boa frequência de postagens.

Além disso, os conteúdos produzidos com um bom prazo de antecedência, garantido pelo calendário de publicações, certamente serão mais bem elaborados, completos e com uma qualidade bem superior àqueles que são feitos às pressas e queimando etapas importantes como a criação de um pauta de orientação ou a revisão.

Agora você não tem mais motivos para deixar de turbinar a estratégia de marketing de conteúdo da sua empresa, não é mesmo? Então, se este post foi útil para e você deseja receber mais conteúdos como este, assine a nossa newsletter agora mesmo, e eles chegarão, em primeira mão, diretamente na sua caixa de entrada.

Escreva um comentário