Com o avanço da tecnologia, a comunicação das empresas rompeu barreiras. Se antes as estratégias físicas ou de mídia localizada eram as únicas possíveis, agora isso mudou. A popularização da internet trouxe o conceito de presença digital, e como há um uso cada vez mais intenso dos recursos online, já não dá para ignorar a abordagem.

Antes mesmo de pensar em marketing digital, é preciso construir a fundação no ambiente conectado. Dessa forma, a marca ganha relevância, fortalece o seu nome e consegue atingir resultados melhores.

Mas, afinal, como explorar essa nova possibilidade do modo certo? Preparamos um guia completo com tudo o que você precisa saber para criar essa presença. Venha conferir e descubra o que fazer!

O que é presença online?

Presença online

Também conhecida como presença digital, o conceito corresponde à atuação de uma marca no ambiente conectado. Ou seja, ela tem a ver com o uso de todas as ferramentas que representam o negócio no espaço online.

Podemos dizer que o funcionamento é simples. Se a empresa pode ser encontrada a partir de uma busca virtual, ela tem presença digital. Ao mesmo tempo, somente estar por lá não é o bastante. É crucial atuar ativamente para conquistar o público. Desse modo, é possível ter bons resultados.

Inclusive, temos que dizer que essa é uma condição própria do marketing digital. Afinal, para usar as estratégias conectadas é preciso que a marca ocupe um espaço nesse ambiente.

Como há quase 130 milhões de brasileiros na internet, a empresa tem que adotar essa alternativa corretamente para aproveitar os seus pontos positivos.

Qual é a importância da presença online?

E já que falamos nos ganhos, a presença digital de uma marca gera impactos benéficos para o empreendimento. Desde que ela seja consolidada da maneira ideal, torna-se um elemento com grande potencial a ser explorado.

Ao reconhecer as vantagens dessa abordagem, inclusive, fica mais fácil entender por que ela merece prioridade ao definir os investimentos em marketing. Para ajudá-lo, trouxemos os motivos que explicam a relevância da presença online. Quer ver? Confira!

Fortalecimento e integração da imagem

fortalecimento da marca

A percepção do mercado sobre a empresa é crucial para os resultados. É por isso que o processo de branding é tão importante. A construção de uma imagem adequada faz toda a diferença para garantir diferenciação, destaque e performance melhor. Mas qual é o papel da presença digital?

É simples: a atuação no online acontece de forma integrada ao restante. Ou seja, a identidade visual e a personalidade da marca são replicadas no ambiente conectado. Assim, o branding é fortalecido por ter mais um canal para ser explorado.

Isso permite que o negócio se posicione da forma desejada com menos esforço. Trata-se de algo que ajuda a construir uma imagem sólida e que tem impacto nos resultados do empreendimento.

Aumento do alcance de marca

alcance da marca

Um dos grandes benefícios da presença online é que ela não se limita ao espaço físico. Quando você adquire um espaço em um outdoor ou faz uma campanha na televisão, o público é relativamente restrito, afinal, apenas as pessoas daquela área serão impactadas. A princípio, isso não é negativo, já que alcança alguns usuários de interesse. Mas e se for possível ir além?

Vamos pensar em uma loja física de moda. Utilizar estratégias que atraiam os potenciais clientes do entorno faz sentido para conquistar um bom desempenho. No entanto, o negócio decide vender para todo o estado ou país. Nesse caso, a presença digital se torna indispensável.

O motivo é bem simples: a internet é ampla e chega a locais que muitos outros meios não alcançam. Com as estratégias certas, você atinge mais pessoas e em várias localizações. O aumento do alcance de marca eleva, inclusive, a sua capacidade de gerar resultados e o reconhecimento sobre o negócio.

Geração de leads e vendas

Um dos principais objetivos de recorrer a essa técnica tem a ver com a conquista de resultados para o empreendimento. Com as decisões certas, a sua marca tem a chance de conquistar novas oportunidades e de otimizar a performance.

Vamos pensar em uma empresa que vende materiais para escritório. O negócio decide criar um site, onde apresenta seus principais produtos, diferenciais e até dicas para escolher os melhores. Com o uso de formulários e landing pages, consegue o contato de pessoas potencialmente interessadas na compra. Então, ocorre a geração de leads.

Assim que essas oportunidades são colocadas no funil de vendas, passam pelo processo de nutrição. No momento adequado, recebem o contato de um consultor e, assim, decidem fechar a venda. Viu como é eficiente?

A estratégia, portanto, ajuda o negócio a vender mais e melhor. Com maior exposição e monitoramento completo, é fácil aplicar técnicas diferenciadas para vender. Isso diminui os esforços necessários até a conversão e ainda garante lucratividade reforçada.

Aproximação do relacionamento com o público

A tecnologia já faz parte do cotidiano e é algo que só tende a aumentar. Como dissemos, há cada vez mais pessoas na internet. Então, é natural que mais gente utilize esse meio como um espaço de interação, comunicação e atendimento de diversas necessidades.

A presença no ambiente conectado faz com que a marca tenha um contato muito maior com o público. É possível, por exemplo, entender o perfil do consumidor por meio da medição de resultados. Isso permite entregar uma experiência melhor, personalizada e que atende aos interesses de quem interage com a marca.

Além do mais, há a chance de manter o público sempre por perto, graças à comunicação dinâmica e à presença em vários espaços virtuais. Tanto para o atendimento de solicitações ou dúvidas quanto para a aproximação e fidelização, trata-se de uma abordagem essencial.

Garantia de competitividade

Basta fazer uma análise da concorrência para perceber que boa parte dos seus competidores já têm presença digital. Afinal, esse meio traz muitas vantagens que não podem ser ignoradas por quem deseja ter resultados melhores. Ao construir a sua participação no ambiente, portanto, é possível aumentar seu nível de competitividade.

Essa é a chance de não ser deixado para trás e até de aproveitar oportunidades desperdiçadas por outros concorrentes. Com uma presença digital bem estruturada e fortalecida, os resultados são ainda melhores.

Além de tudo, é um jeito de se diferenciar dos concorrentes que ainda não estão no ambiente conectado. Assim, dá para explorar desde já essa possibilidade e consolidar a imagem de forma consistente.

Quais são as 6 dicas para construir sua presença online?

A construção da presença digital passa por várias etapas, até que o negócio se consolide nesse ambiente. O ponto positivo é que há muitas estratégias que podem ser aplicadas, o que garante a adaptação de acordo com as necessidades do empreendimento. Recomendamos a escolha de forma personalizada, pois é o que leva aos resultados esperados.

Além disso, vale seguir algumas sugestões para ter sucesso. Quer ver dicas imperdíveis? Confira e não perca nenhuma indicação!

1. Elabore um bom planejamento

Qualquer estratégia de marketing precisa de um bom planejamento. É essencial definir, de modo claro, quais são os objetivos e as principais exigências em relação à atuação online. Estabeleça metas que possam ser medidas, como o volume de leads gerados ou de novas vendas obtidas.

Aproveite e realize um planejamento de mídia. Defina, por exemplo, quais serão os canais usados, como eles serão explorados e qual será a linguagem utilizada. Lembre-se de que a estratégia será aplicada a todas as ferramentas e que ela deve corresponder à imagem da marca.

Além disso, estabeleça métricas e indicadores para acompanhar os resultados. Assim, é possível entender o que faz sucesso e o que precisa ser adaptado, por exemplo.

2. Crie um site

criação de site

Um ponto central para a presença digital é a conquista de um espaço na web que permita a execução de estratégias. Para começar com o pé direito, a nossa indicação é criar um site. Ter o próprio endereço, com domínio e tudo, é essencial para não depender de nenhuma plataforma.

Assim, você pode decidir o que é melhor para a sua abordagem, sem ter que seguir regras de uma rede, por exemplo.

É importante que o endereço seja responsivo, isto é, que funcione em dispositivos móveis. Como a navegação mobile é cada vez mais forte, isso não deve ficar de lado. Aposte, também, em um carregamento rápido e intuitivo. A intenção é criar a melhor experiência para os visitantes.

Você ainda pode considerar o marketing de conteúdo. Ter um blog é uma ótima opção para oferecer conteúdos relevantes e que agregam valor à marca. Mais que um canal de vendas, o site se torna um ambiente de informação — e a empresa conquista o título de autoridade no segmento.

3. Utilize o SEO

seo search engine optimization

Ao mesmo tempo, não basta elaborar um site com as características certas se ele não for visitado. Como há centenas de milhões de páginas na web, é preciso saber se destacar. Para tanto, a estratégia de Search Engine Optimization (SEO) — ou Otimização para Mecanismos de Busca, em português — é a ideal.

Ela consiste em tornar as páginas mais atraentes para os buscadores. Com os fatores certos, o site ganhará posições nas pesquisas dos usuários, o que aumentará o tráfego. Para tanto, vale pensar em algumas alternativas, como:

  • criação de conteúdo totalmente original;
  • uso adequado de palavras-chave;
  • criação de um mapa do site;
  • utilização de links relevantes;
  • adoção de imagens otimizadas;
  • criação de um layout rápido e responsivo e assim por diante.

Para as postagens no blog, o SEO é especialmente relevante. Como há dezenas de fatores que podem ser usados, vale adotar os mais adequados para cada situação.

4. Marque presença nas redes sociais

Redes sociais

Apesar de o site ser importante, ele já não é a única forma de marcar presença na web. Também é possível utilizar outros recursos, como as famosas redes sociais. Com elementos variados, apresentam experiências diversas para cada tipo de público. Como resultado, sempre há a opção indicada para cada empresa.

Nossa dica é ficar de olho no seu público. Antes de criar seus perfis, entenda quais são as preferências das pessoas e onde elas estão.

Negócios do tipo B2B, que vendem para outras empresas, podem preferir o LinkedIn. Lá, dá para encontrar profissionais e tomadores de decisão. Já uma marca jovem e com grande apelo visual pode utilizar o Instagram, por exemplo.

Após selecionar as redes adequadas para a estratégia, crie seu perfil de forma completa. Aproveite e capriche no uso de elementos visuais, como fotos e vídeos, em vez de apenas textos. Nas postagens, estimule o engajamento e a participação das pessoas e proponha diálogos positivos. Assim, é possível construir o senso de “comunidade” e se destacar.

5. Tenha landing pages

 

Guia completo de lançamento de produto no mercado

As landing pages (ou páginas de aterrissagem) são excelentes ferramentas para uma presença digital forte. Normalmente, elas trazem alguma oferta de interesse do visitante e podem gerar ótimos resultados. É o caso de produzir um e-book ou infográfico e oferecê-lo, gratuitamente, em troca das informações de contato.

São elas as responsáveis por gerar leads e garantir a utilização de estratégias como o funil de vendas e o Inbound Sales. Então, devem ser muito bem planejadas para que cumpram as expectativas.

Nossa dica é investir em um layout interessante, atraente e que dê máximo destaque para a oferta. A partir disso, defina os campos para o cadastro de informações. Mantenha a simplicidade para não desestimular quem chega à página.

Além de tudo, tenha cuidado para não criar distrações. A intenção é que a pessoa não saia da landing page sem se cadastrar. Dê destaque ao botão de cadastro e deixe claro qual é a ação a ser realizada. Assim, a conversão é ampliada.

6. Use o e-mail marketing

Email marketing

Além de tudo, a presença online pode ser consolidada nas caixas de entrada do seu público. Isso é possível com o e-mail marketing, que estabelece um contato direto e sem intermediários com as pessoas de interesse.

O intuito de criar landing pages é exatamente coletar e-mails para formar a sua base de envio. Com as informações disponíveis, envie ofertas, novidades e outros conteúdos engajadores.

Uma forma de obter um desempenho ainda melhor é por meio da segmentação. Graças a essa estratégia, dá para criar “grupos” na lista de contatos, os quais são usados para enviar mensagens direcionadas. Isso otimiza a abordagem e garante uma presença ainda mais relevante.

Como manter a presença online forte?

Tão importante quanto ocupar um espaço digital é conduzir à consolidação. Somente dessa forma é possível ter a certeza de que o empreendimento vai aproveitar os resultados em médio e longo prazo. É, afinal, um jeito de ter os esforços recompensados. Então, é a hora de saber como manter a presença digital forte.

Novamente, cada negócio tem as suas necessidades. No entanto, temos algumas recomendações que podem ajudar nessa tarefa. Venha conosco e descubra quais são elas!

Tenha consistência

consistencia

Não adianta montar o site perfeito e deixá-lo desatualizado. Os mecanismos de busca penalizam isso, fazendo o endereço perder relevância. Além do mais, um site que não é atualizado não mostra as novas soluções ou produtos da marca. Com isso, oportunidades são perdidas.

É essencial ter consistência em todos os canais utilizados. Nas redes sociais, por exemplo, posts regulares ajudam a manter a discussão e a marca no cotidiano das pessoas. Já o e-mail demanda uma frequência um pouco menor, mas ainda de forma regular e constante.

Assim, a sua marca afirma que tem uma atuação para valer, em vez de apenas aparecer para fazer vendas, por exemplo.

Realize otimizações

otimizações

Por melhor que seja a configuração da presença digital, sempre há espaço para otimizações. Talvez seu site receba muitas visitas, mas isso não significa que não possa receber ainda mais. Inclusive, essa é uma das belezas de uma estratégia digital: o potencial é ilimitado — desde que seja explorado.

Para fazer melhorias, você pode realizar testes A/B. Mudar apenas o tamanho do botão de uma landing page ou o estilo de um e-mail já pode gerar bons resultados. Assim, você entende o que funciona com o público.

Também é interessante adicionar novas técnicas. A abordagem de SEO, por exemplo, está sempre em transformação. Como o algoritmo do Google passa por grandes alterações frequentemente, é preciso aplicar novas técnicas.

Inclusive, a própria mudança de comportamento do público exige novidades. Ao ficar atento a isso, é possível obter resultados cada vez melhores.

Não dependa apenas do desempenho orgânico

desempenho orgânico

Para a presença digital ser relevante, é muito importante atrair a atenção das pessoas. Em um site, isso significa conquistar um aumento de tráfego. Nas redes sociais, mais interações e engajamento ajudam a medir a relevância.

No entanto, não dá para depender apenas da abordagem orgânica. Ela tem sua importância, mas pode não ser suficiente — especialmente se seus concorrentes já estiverem consolidados no ambiente conectado.

Por causa disso, vale a pena recorrer a estratégias pagas. Os links patrocinados dos sites e o impulsionamento de publicações nas redes são boas opções. Com investimentos certeiros, é possível levar seus resultados a um novo nível.

Adote boas ferramentas

Para que a sua presença seja cada vez mais forte, é essencial contar com os recursos que ajudam em diversas tarefas. Isso serve tanto para o acompanhamento e medição quanto para a execução de ações. A ideia é contar com as ferramentas adequadas para auxiliar o seu negócio nesse processo.

Uma plataforma que permita encontrar as melhores palavras-chave e que faça uma auditoria do site do seu concorrente incrementa o SEO. Já uma voltada para a programação de publicações e para a análise de desempenho leva a estratégia de redes sociais a um novo nível.

Utilize recursos de automação e que ofereçam mais informações. Assim, é possível tornar a estratégia robusta e capaz de entregar ótimos resultados.

Como integrar a presença online com a offline?

online-offline

Ainda que a atuação no mundo digital seja importante, sabemos que ela não é a única abordagem do seu negócio. As estratégias no mundo offline ainda são relevantes, então, não podem ser deixadas de lado. Para potencializá-las, o melhor é integrar o online com o offline.

Fazer isso é menos complexo do que parece e pode oferecer um desempenho especialmente reforçado. A seguir, apresentamos como unir presença digital e offline da maneira ideal!

Mantenha as características nas duas propostas

Imagine uma empresa que, no ambiente offline, tem uma proposta refinada e de sofisticação. No espaço online, entretanto, traz uma abordagem descolada, divertida e muito acessível. Isso no mínimo causará estranheza entre os clientes que transitam nos dois ambientes, certo?

Portanto, é essencial criar uma experiência única e com as mesmas características em ambos. Exceto em casos muito específicos, a personalidade da marca tem que ser igual em todos os espaços e estratégias. Afinal, os clientes online, normalmente, estão offline — e vice-versa.

Use o mesmo tom de voz, personalidade e identidade visual. Assim, o branding é reforçado da melhor maneira.

Tenha campanhas simultâneas

campanhas simultaneas

Outro jeito de fazer essa integração é com o lançamento de campanhas simultâneas. É possível fazer um anúncio na TV e, na peça, anunciar uma promoção no site, por exemplo. Também há a chance de lançar condições exclusivas na loja física para quem interage nas redes sociais.

O uso de campanhas simultâneas e contínuas é uma excelente forma de fazer com que as pessoas transitem entre as duas soluções. Principalmente, é um jeito de garantir que a proposta online ganhe um reforço quando a atividade offline já está bem consolidada.

Faça com que as informações transitem

Na hora de começar a estabelecer a sua presença digital, não é preciso partir do escuro. Na verdade, indicamos utilizar as informações que você já tem sobre o público, como as obtidas por campanhas offline. Mesmo que a persona não seja idêntica, já é um direcionamento importante.

Conforme os esforços online renderem frutos, indicamos o caminho oposto: use dados online para atuações offline. Como a atividade digital permite medir e acompanhar tudo, é a chance de tornar os esforços offline ainda mais precisos.

Esse “intercâmbio” de dados e conhecimento será essencial para criar uma experiência sem “remendos”, ou seja, voltada para o omnichannel. Além disso, todo entendimento sobre o público é crucial para criar campanhas relevantes e de impacto.

Tenha ajuda profissional

Por mais relevante que seja, sabemos que nem sempre é simples fazer a união entre esses mundos. Cada espaço tem suas exigências e, no começo da presença digital, é especialmente necessário fugir dos erros. Então, como resolver o impasse? Simples: com apoio profissional.

A contratação de uma agência de publicidade e propaganda com experiência off e online garante a estruturação de campanhas e de uma comunicação adequada. A ajuda de profissionais especializados faz toda a diferença, até mesmo para fortalecer a sua atuação no digital.

Então, considere escolher um empreendimento do tipo para cuidar dessa etapa. Com o processo, seu negócio aprenderá ainda mais sobre os dois espaços e poderá chegar longe.

A presença digital da sua empresa é essencial para o sucesso em um ambiente cada vez mais conectado. Com essas dicas, será possível utilizar a internet do jeito certo e até conquistar o alinhamento com o offline!

Para ter muitas outras dicas sobre como obter o melhor desempenho, assine nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

Escreva um comentário