Em um mercado cada vez mais acirrado, as empresas têm investido pesado em formas de se destacar. Nesse sentido, Michael Porter, um dos grandes estudiosos de marketing do mundo, considera que as empresas devem atuar conforme um modelo de atratividade e competitividade de mercado. Para ele, esses modelos são agrupados em três grandes blocos: estratégias de custo, estratégias de foco e estratégias de diferenciação.

Cada uma delas é um modelo de negócios distinto, com seus riscos e etapas de planejamento. No modelo de estratégia competitiva de custo, o produto ou serviço procura oferecer o melhor preço do mercado. Já no modelo de foco, a empresa trabalha com uma segmentação específica de mercado, o que a torna uma empresa de nicho. Por sua vez, a estratégia da diferenciação prioriza a qualidade e superioridade do seu produto ou serviço, para diferenciar-se da concorrência.

Qualquer que seja a estratégia escolhida, ainda segundo Porter, é preciso tomar cuidados com os riscos e particularidades de cada modelo. Para entender melhor como funcionam a estratégia de marketing de diferenciação, continue lendo nosso artigo!

Foco na qualidade

O marketing de diferenciação é um modelo de negócios que se baseia em oferecer um produto ou serviço superior, o qual o consumidor estará inclusive disposto a pagar mais caro por ele, em vista da sua qualidade. O maior exemplo atual do emprego de estratégias de diferenciação é a Apple, em especial com o iPhone.

No entanto, não são apenas as megamarcas que usam essa estratégia. Ela é muito comum em restaurantes, em lojas de roupas de produção própria, dentre outras. Ou seja, é um modelo perfeitamente aplicável para pequenas e médias empresas, desde que considerem os riscos empresariais envolvidos.

Superioridade técnica

Um dos pontos essenciais para uma estratégia de diferenciação da empresa é que o produto ou serviço oferecido, efetivamente, apresente a superioridade técnica que o diferencie do mercado. Uma estratégia de diferenciação, portanto, requer primeiro o desenvolvimento de algo especial que se torne um desejo de consumo e uma campanha de lançamento muio bem feita.

A superioridade técnica pode ser pelas funcionalidades, pelo design, pela tecnologia única envolvida, a arte envolvida no desenvolvimento, o sabor peculiar e inimitável são alguns exemplos de como se pode alcançar a diferenciação. Afinal, as ações de marketing de diferenciação se pautam, justamente, em explorar o que torna a oferta tão especial, ainda que mais cara.

Ações de marketing de diferenciação

Empresas que usam o modelo de mercado com estratégias de diferenciação precisam atrair e educar seus potenciais clientes sobre as vantagens da sua oferta. Como regra, os produtos ou serviços oferecidos por esse tipo de modelo de negócios têm preço mais elevado e se destacam da concorrência justamente por, mesmo custando mais caro, valerem cada centavo.

Muitas vezes, vende-se mais que um produto, trata-se de uma experiência do consumidor. Também é possível estruturar a campanha sobre um senso de comunidade com a marca. As possibilidades de campanhas de marketing de diferenciação são muitas. Basta planejamento estratégico e conseguir guiar o consumidor por toda a jornada de compras.

As estratégias de diferenciação podem exigir um know-how bastante especializado. Descubra como uma agência de publicidade pode ajudar, entre em contato conosco!

 

Escreva um comentário